news

Os gatos da Factoria: Bichento.

Chegou a quinta feira e com ela, o post mais esperado da semana em nosso blog, a história de mais um dos nossos gatos. Hoje vamos contar a história do terceiro gato da Factoria, o Bichento. 

 

O Bichento foi encontrado por uma amiga da minha irmã, a noite, sozinho na rua, todo encharcado debaixo de uma baita chuva. Essa amiga da minha irmã pegou ele e o levou pra sua casa, pra secar e cuidar dele. Uns dias depois, minha irmã foi visitar essa amiga, e adotou o Bichento e o levou pra casa dos nossos pais.

O Bichento era um filhotinho ainda, pequeno, medroso e muito, mas muito molenga. Daqueles gatos que quando estão dormindo, você faz o que quer com ele e ele nem sem mexe pra reclamar. Sabe? O Bichento chegou em casa e fez companhia para o Joy e a Alienígena. Se adaptou muito rápido, mas muito rápido mesmo. Era engraçado o fato de não saber se ele era mais apaixonado na Alienígena ou no Joy, porque ele com o Joy não desgrudavam praticamente nunca.

Uma das história que não dá pra esquecer foi quando notamos que ele estava com o rabo (que era muito peludo) machucado. Fomos ver e era um machucado bem feio. Levamos correndo para a veterinária que ao examinar, constatou que era picada de alguma aranha, e que já estava em fase de necrose, coitadinho. A veterinária aplicou injeção, pomada, receitou comprimidos e, pra desgosto do Bichento, raspou quase que todo o rabo dele, deixando apenas um pouco de pelo na ponta, como um rabo de leão.
Bichento era um gato muito, mas muito inteligente e vaidoso. Assim que chegou em casa e viu que seu rabo estava raspado, começou a se esconder das pessoas, com vergonha. Ele estava co vergonha do rabo raspado!

Outra vez inesquecível (e até medonha) foi uma certa noite que ele estava dormindo dentro do meu quarto e como se fosse a coisa mais natural do mundo, subiu na cômoda, ACENDEU a luz pelo interruptor, e olhou pra minha cara, como se dissesse: "Abre a porta, quero sair". Sério, isso foi assustador. O Bichento tinha um jeito de olhar, que parecia que olhava no fundo da nossa alma.

O Bichento infelizmente, não está mais entre nós, foi embora antes do Joy e nunca mais voltou. Mas, não estamos aqui pra falar das coisas tristes, e sim pra contar a história dele e algumas das coisas que ele já fez, tais como...

Mostrar toda sua beleza...

Dormiu em umas posições estranhas...

Já foi modelo de óculos escuros...

Já sentiu ciúmes do Sírius...

Amou muito muito muito o Joy...

E a Alienígena também...

O Bichento foi com certeza um gato muito amado, muito feliz e muito querido, que até hoje nos deixa cheio de saudades. Mas sabemos e sentimos que tem um pedacinho da personalidade dele em cada um dos nossos outros filhos gatos.

Ah, e não podia esquecer de como ele adorava quando o Kawaii (de quem vamos falar na próxima quinta) fazia birra e ficava nervoso. <3

 

Inclusive, nós sempre estamos homenageando nossos gatos em nossas peças. O Bichento por exemplo, foi homenageado nessa camiseta, a Camiseta Bichento. Clique nela para ver detalhes e garantir a sua

 

 

 


Adote um gato ou cão abandonado. Sua vida vai mudar pra melhor, nós garantimos!



www.usefactoria.com


Postagem anterior Postagem seguinte


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados